Nova pesquisa confirma Edivaldo Jr. na cabeça, Eliziane Gama em queda e Wellington do Curso estacionado

 

edivaldojr lidera
Edivaldo Jr. mantém dianteira, seguido de Eiziane Gama e de Wellington do Curso no primeiro pelotão

 

A nova pesquisa do instituto Prever sobre a corrida para a Prefeitura de São Luís, contratada e divulgada ontem pelo Blog do Neto Ferreira, foi festejada pelo QG do candidato do PDT, prefeito Edivaldo Jr. (22%), e   acendeu de vez o alerta vermelho nos quartéis generais da candidata do PPS, deputada federal Eliziane Gama (19,1%), e do candidato do PP, deputado estadual Wellington do Curso (18,8%). O prefeito viu o seu projeto de reeleição embalado por três pontos percentuais a mais em relação à pesquisa anterior do mesmo instituto, enquanto a candidata do PPS caiu três pontos e o deputado pepista brecou, não se movendo nem para frente nem para trás. No geral, o levantamento ratificou a pesquisa Econométrica mais recente, que encontrou mais ou menos o mesmo cenário, com os três “embolados” e brigando pela cabeça, só que com nítida vantagem do prefeito Edivaldo Jr..

Os números do Prever confirmam as tendências que vêm sendo apontadas pelas pesquisas feitas por outros institutos. A primeira delas é a dos dois pelotões, sendo o primeiro formado por Edivaldo Jr., Eliziane Gama e Wellington do Curso, disparados na frente e que, pelo visto, dificilmente serão alcançados por algum do segundo pelotão, agora formado pelo deputado Eduardo Braide (PMN), com 4,6%, a vereadora Rose Sales (PMB) com 4%, e o vereador Fábio Câmara (PMDB) com 3,5%. E insatisfeito com os dois pelotões, um exército de 21,2% de eleitores que garante não querer conversa com nenhum dos seis candidatos e que podem definir o pleito, aos quais se juntam ainda 6% de indecisos.

A principal informação desse levantamento é a combinação de duas situações óbvias: a tendência de crescimento do pedetista, que já assumiu a ponta e caminha para se distanciar, e a curva decrescente da popular-socialista. Mesmo com alguns problemas, a começar pela indefinição em relação ao vice, Edivaldo Jr. vem mantendo lenta, mas firmemente, uma ascensão na preferência do eleitorado. Já Eliziane Gama se movimenta no sentido contrário, perdendo intenções de voto a cada investigação estatística. E a julgar pelos percentuais, a deputada terá muitas dificuldades para frear sua perda contínua e reverter um quadro que começa a lhe ser perigosamente desfavorável.

Depois de saltar do segundo pelotão para ocupar o espaço aberto com a desistência do deputado João Castelo (PSDB) e ameaçar os dois líderes – para uns como “fenômeno”, para outros como “balão de festa” –, Wellington do Curso passa agora a impressão de que foi travado, permanecendo na mesma posição em dois levantamentos, como se estivesse batido no seu teto. O que agrava a situação do candidato pepista é que ele não construiu até aqui uma base político-partidária para embalar sua candidatura. Mesmo inexperiente no jogo político, já aprendeu o suficiente para saber que nessa seara uma andorinha só não faz verão e que, por isso, não chegará a lugar algum sem alinhavar alianças o mais rapidamente possível. Na sua posição, estacionar um período não é o pior dos mundos, pois a tragédia mesmo é começar a cair, como vem acontecendo com a candidata do PPS.

O segundo pelotão, que não tem mais o deputado Bira do Pindaré (PSB), engolido na crise intestina do partido, traz o deputado Eduardo Braide (PMN) seguido de perto pela vereadora Rose Sales e pelo vereador Fábio Câmara. Os três estão separados apenas por resíduos, embora seja lícito afirmar que Braide, que está com sua campanha pronta para às ruas, tem potencial para crescer.

Os números indicam tendências, mas isso não significa que elas se mantenham e que o jogo esteja definido. Ao contrário, eles apontam para uma disputa dura, que será definida ao longo da campanha, quando virão à tona as propostas, os debates e o enfrentamento decisivo.

Em tempo: contratada pelo Blog do Neto Ferreira, a pesquisa foi feita no período de 22 a 24 de Julho, tem margem de erro de 3,7%a, intervalo de confiança de 95%, ouviu 700 eleitores e está registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-02842/2016.

 

PONTO & CONTRAPONTO

Avaliação mostra resultado nada agradável para Dino
dino rose
Pesquisa comparou governos Flávio Dino e Roseana sarney

A pesquisa Prever não trouxe boas notícias para o governador Flávio Dino (PCdoB). Além de aferir a corrida à Prefeitura, o instituto investigou como o eleitorado está vendo o Governo do Estado, e o fez de maneira curiosa, estimulando o entrevistado a comparar a gestão atual com a passada, comandada por Roseana Sarney (PMDB). O resultado foi desanimador para o Palácio dos Leões, onde reina a convicção de que o atual governo é moderno, avançado e reformista, focando mais nas ações que visam, se não extinguir, pelo menos reduzir as desigualdades. Um contingente de 35.7% dos entrevistados respondeu que o atual governo é melhor que o governo passado. No contrapeso, 32,2% responderam que o governo Dino é igual ao governo Roseana. A pancada se consumou com outros 29% disseram simplesmente que o atual governo é pior e outros. E nesse quesito apenas 3,1 disseram não saber responder.

 

Casamento comunitário leva desembargador Rachid a Coroatá
casório
Os juízes Ferreira Lima e Josana Braga com o desembargador Jorge Rachid

Uma cerimônia de casamento comunitário realizada quarta-feira (27) na Comarca de Coroatá oficializou a união de 72 casais. O evento, promovido pela 2ª Vara da unidade, foi capitaneado pelo titular da Vara, juiz Francisco Ferreira de Lima, que contou com o apoio e ajuda da juíza Josane Braga, titular da 1ª Vara da Comarca. Até aí a celebração foi mais uma ação digna e socialmente correta do Poder Judiciário, como muitas outras realizadas de uns anos para cá. O dado a mais, que deu ao evento uma dimensão bem maior, foi a presença do desembargador Jorge Rachid, que atendeu a convite do juiz Ferreira Lima. Não por se tratar de uma autoridade judiciária com peso suficiente para valorizar o casamento comunitário, mas pelo que o desembargador Jorge Rachid representa nessa ação benéfica. Foi na gestão presidencial dele que o Tribunal de Justiça colocou em prática o projeto Casamentos Comunitários, realizando o primeiro em 1999, que uniu centenas de casais e ganhou repercussão nacional. Vale anotar que o período presidencial do desembargador Jorge Rachid foi marcado por outras inovações. Nela foram dados os primeiros passos no sentido de informatizar o Poder Judiciário, como também foi pioneira na região na implantação de uma política de proteção à mulher, com a implantação da Casa de Passagem. Outras gestões se notabilizaram por grandes obras, mas a de Jorge Rachid é lembrada até hoje pelo esforço que ele fez aproximar o Poder Judiciário da sociedade. As sementes que plantou continuam dando frutos.

São Luís, 28 de Julho de 2016.

4 comentários sobre “Nova pesquisa confirma Edivaldo Jr. na cabeça, Eliziane Gama em queda e Wellington do Curso estacionado

  1. Edivaldo vem com tudo para reeleição. Eliziane com esses apoios que arranjou só vai cair mais e Wellington é amador, sem apoio e muito midiatico em prol próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *