Nova Assembleia Legislativa é empossada e Othelino Neto garante harmonia entre Poderes

 

Entre Pará Figueiredo e Neto Evangelista, Othelino Neto presta juramento para novo mandado de deputado e com os membros da nova mesa Diretora da Casa eleita sem disputa

“Continuaremos a convivência harmônica e independente com os demais Poderes constituídos do Estado do Maranhão. E o diálogo e o respeito às diferenças continuarão sendo nossa máxima na condução desta Casa”. Com esses dois recados, dados de maneira direta e enfática na presença dos novos deputados dos chefes do Executivo, o governador Flávio Dino (PCdoB) e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Joaquim Figueiredo, o deputado Othelino Neto (PCdoB) Entre assumiu ontem o comando da nova Assembleia Legislativa, após ter sido eleito presidente, em chapa única e por unanimidade, para o biênio 2019/2020. A manifestação do presidente do Poder Legislativo foi feita em meio a um clima de festa que marcou a posse dos deputados, na presença de autoridades, familiares e convidados, e a eleição da Mesa Diretora, que resultou de um amplo acordo que envolvendo Situação e Oposição. Othelino Neto usou a palavre equilíbrio para demonstrar que adotará uma linha de ação direta e transparente.

Formada predominantemente por políticos da nova geração, como é o caso do próprio presidente e da maioria dos membros da Mesa Diretora, mas tendo em seus quadros líderes experimentados, a exemplo dos deputados Marcelo Tavares (PSB) e Arnaldo Melo (MDB), que já presidiram a Casa em mandatos anteriores, a Assembleia Legislativa empossada nesta sexta-feira emite sinais de que transformará o plenário do Palácio Manoel Beckman num espaço de debate sobre os mais variados temas Entre os parlamentares estão os que deverão se destacar pelo discurso franco, como é o caso dos deputados Yglésio (PDT) e Duarte Jr. (PCdoB). Há também os que são dedicados às articulações nos bastidores, caso dos deputados Roberto Costa (MDB) e Ricardo Rios (PDT).

A nova Assembleia Legislativa tem uma característica inovadora: a presença de oito mulheres – quase 20% da composição da Casa – uma representação expressiva se comparada com as legislaturas anteriores. As mais experientes, Cleide Coutinho (PDT) e Helena Duailibe (PP) é referência para as demais, entre as quais estão políticas por iniciação familiar, como Andreia Resende (DEM), e profissionais liberais como Daniella Tema (DEM). Isso sem falar de Mical Cavalcante (PTB), que sinaliza estar parece disposta a exercer o mandato de maneira produtiva, como parece ser o caso das deputadas Thaíza Ortegal, Detinha (PR) e da atuante Ana do Gás – a única que se reelegeu. Por razões político-partidárias e motivações diversas, a bancada feminina dificilmente atuará em bloco, mas suas integrantes poderão atuar como forças aliadas quando o problema envolver questões de gênero.

No seu discurso, o presidente Othelino Neto destacou a unanimidade alcançada na eleição da Mesa Diretora e a dele próprio, e afirmou que o desfecho positivo foi fruto da forma como ele conduziu a Casa. “Sempre dialogando, respeitando as diferenças e compreendendo que essa Casa é plural. Seria ruim se fossem 42 iguais dentro da Assembleia Legislativa. O que torna o Poder Legislativo essencial para a sociedade são essas diferenças. A forma democrática como nós convivemos aqui justifica o apoio unânime que recebemos”, esclareceu. Ele defendeu a independência do Poder Legislativo afirmando que a Assembleia Legislativa jamais se curvará ante outro

O presidente Othelino Neto disse que continuará conduzindo a Assembleia com o devido equilíbrio, mantendo a independência do Poder Legislativo e trabalhando para o cumprimento das prerrogativas constitucionais de legislar, fiscalizar o Poder Executivo e promover o debate político a favor do povo do Maranhão. “Continuaremos a convivência harmônica e independente com os demais poderes constituídos do Estado do Maranhão”. E comemorou o fato de que nesse primeiro momento, apesar da ampla teia de representação partidária, os parlamentares tenham sabido construir o consenso em relação à Mesa Diretora. Uma sinalização de que a nova Assembleia Legislativa, mesmo majoritariamente tingida com as cores da Situação, vai saber se posicionar com equilíbrio diante dos desafios que estão a caminho.

 

PONTO & CONTRAPONTO

 

Flávio Dino exalta a Assembleia e destaca posse de novos deputados

Flávio Dino exalta o parlamento em discurso aos deputados

“Este é um momento especial. Desejo sucesso tanto aos que apoiam, quanto os que fazem Oposição ao nosso Governo. A partir de hoje, vocês são guardiães do voto popular”. Foi como o governador Flávio Dino, em pronunciamento na Assembleia Legislativa definiu a posse da nova Assembleia Legislativa, com a qual conviverá política e institucionalmente pelos próximos quatro anos.

“O Parlamento é uma instituição milenar e, particularmente, no Estado do Maranhão, tem uma história secular e representa o coração e o pulmão da democracia. Desde os gregos, com Aristóteles, e seguido com os romanos, que o Parlamento representa a vontade soberana do povo. Por isso, que essa solenidade se reveste de um momento especial, por representar aquilo que é mais importante na democracia, a vontade soberana do povo expressada no Parlamento”, destacou o governador como que ministrando uma aula sobre conceito de democracia.

Flávio Dino estendeu os votos de sucesso à bancada federal do Maranhão, que tomou posse ontem em Brasília, na Câmara Federal e no Senado da República. “Desejo aos nossos deputados federais e nossos dois senadores, Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS), sucesso no desempenho de seus mandatos e que possam ajudar o Estado do Maranhão a ser melhor para todos”.

 

Acordo com Arnaldo Melo garantiu vaga de 4º vice-presidente para Roberto Costa

Roberto Costa: levou a melhor na disputa pela 4ª vice-presidência consenso ou disputa pelo voto para o comando do MDB

Terminou em acordo, firmado à última hora, a disputa entre o deputado Roberto Costa (MDB) e o deputado Arnaldo Melo (MDB) pela vaga de 4º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. O eleito foi Roberto Costa, cujo nome foi indicado pelo bloco de Oposição, juntamente com o do deputado Arnaldo Melo. O acordo só saiu uma hora antes da sessão em que seria realizada a votação. Roberto Costa firmara posição e avisara que, caso não houvesse uma solução negociada dentro do partido, ele levaria a decisão para o plenário, onde seria eleito com votação folgada. Político experiente, Arnaldo Melo compreendeu que estava em desvantagem e que perderia de goleada se a decisão fosse para o plenário da Assembleia Legislativa. Ao ser empossado no cargo, o deputado Roberto Costa fez questão de acreditar o colega Arnaldo Melo pelo desprendimento.

São Luís, 02 de Fevereiro de 2019.

Um comentário sobre “Nova Assembleia Legislativa é empossada e Othelino Neto garante harmonia entre Poderes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *