Em “conferência institucional”, PCdoB faz avaliação positiva do Governo Flávio Dino e mira as urnas de 2020

 

Márcio Jerry, Othelino Neto e Rubens Jr,: avaliação positiva sobre o Governo do PCdoB e preparação para novos embates, com  as eleições municipais de 2020

Sob o comando do governador Flávio Dino, o PCdoB realiza no Maranhão um Governo que “existe e funciona”, produzindo resultados acima da média, apesar das dificuldades e pressões geradas pela crise que vem sufocando o Brasil. Foi essa a conclusão a que chegaram líderes do partido em “conferência institucional” realizada ontem, em São Luís, e que teve como palestrantes o presidente da agremiação, deputado federal Márcio Jerry, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Filho, e o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), deputado federal licenciado Rubens Pereira Jr.. Na avaliação desses líderes, o PCdoB viabiliza um Governo diferenciado, que, ao contrário do que ocorre em boa parte dos estados, mantém em dia os salários dos servidores, banca os serviços básicos e, mesmo em situação de dificuldade extrema, consegue fazer investimentos em áreas essenciais, como educação, saúde e infraestrutura. Para eles, o partido está ativo, se mantém mobilizado, opera para fortalecer o Governo e intensificar suas ações políticas, como a preparação para o grande embate eleitoral do ano que vem para eleger prefeitos e vereadores.

Os três conferencistas demonstraram, com fatos e números, que o Maranhão vai bem, apesar do sufoco financeiro que obriga o Governo a viver “uma agonia a cada dia”, como costuma pregar o governador Flávio Dino. Mantém em pleno andamento uma ousada e inovadora política educacional, com tripé formado pelos programas Escola Digna, Escola de Tempo Integral e educação profissionalizante, com as unidades do Instituto Estadual de Tecnologia e Inovação do Maranhão (Iema). Investe o possível num arrojado programa de saúde, com a implantação dos hospitais macrorregionais, centros de especialização, como o Hospital de Traumatologia de São Luís e os Centros de Hemodiálise, por exemplo. E faz o que pode para levar em frente investimentos em rodovias, saneamento e urbanização, como o Parque do Rangedor, recém-inaugurado em São Luís. Toca inúmeros programas de assistência e desenvolvimento social, como a ampliação da rede de e Restaurantes Populares e outros de igual importância. E alimenta o maior e mais arrojado programa de Segurança Pública que se tem notícia na história recente do estado, com o aumento do efetivo policial e da frota de viaturas e reforço no armamento.

Na avaliação dos líderes, o Governo Flávio Dino põe em prática no Maranhão a base da linha programática do PCdoB, com seus programas, conseguiu equacionar e começa a reverter uma realidade social adversa contra a qual a ação do Estado vinha se mostrando ineficaz. E leva em frente o seu programa de ação num contexto nacional marcado por uma crise que vem se prolongando, e sem sinalização de que será superada. Além disso, existe a distância política e ideológica em relação ao Governo de Jair Bolsonaro, que vem sendo amenizada por meio de uma ação institucional forte, que tem como base o diálogo e que se sustenta nos direitos do Maranhão no contexto da Federação e das obrigações da União para com os estados.

“Apesar da crise que que ocorre no País, o Governo Flávio Dino, com o apoio integral do PCdoB, continua mantendo um grande repertório de realizações”, avalia o deputado federal Márcio Jerry, para quem o PCdoB tem papel fundamental como suporte político. Ele explica que “conferências institucionais” como as de ontem servem para “mobilizar, incentivar e orientar” a militância e fortalecer a ação política de sustentação do Governo. E acrescenta que, como qualquer partido, o PCdoB busca resultados também projetando ações políticas futuras. “Vamos agora preparar o partido para as eleições municipais de 2020”, avisa o presidente do PCdoB. Na mesma linha, o titular da Secid, Rubens Jr. avalia a “conferência institucional” como uma ação do PCdoB destinada “a fortalecera a garantia de realização de um bom Governo”. E manifesta convicção de que “os resultados alcançados até aqui pelo governador Flávio Dino nos permite pensar em voos mais altos”.

Em resumo: o PCdoB está convicto de que o Governo Flávio Dino faz o melhor pelo Maranhão. E é com essa convicção que se prepara para ir às urnas no ano que vem.

 

PONTO & CONTRAPONTO

 

Andreia Resende lembra o acidente que a deixou paraplégica e recebe apoio emocionado dos colegas

Andreia Resende: lições com a tragédia e muita determinação de seguir em frente

A Assembleia Legislativa viveu, na sessão de ontem, um momento de forte emoção. Movida por um misto de humildade e realismo, a deputada Andreia Resende (DEM) registrou, num discurso emocionado, mas sem qualquer traço de drama, o primeiro ano do acidente automobilístico que a deixou paraplégica. O desastre, resultado de um choque frontal entre o veículo em que viajavam a odontóloga balsense então candidata à deputada estadual e seu marido, o então deputado Stenio Resende (DEM), ocorreu na BR-316, no município de Olho D`Água das Cunhãs, a 287 km de São Luís, no dia 25 de agosto de 2018. No morreu o motorista do veículo da parlamentar, David Rogeres Araújo.

Segura, tranquila e com um surpreendente ar de conformação e disposição para enfrentar os desafios da limitação de movimentos, a deputada Andreia Resende fez um rápido registro   do acidente e relatou o que definiu como “as dificuldades, os desafios, mas também as descobertas, as vitórias e as conquistas de uma nova vida”.   E, sempre contida, com a voz pausada, mas firme, agradeceu aos colegas deputados “as palavras de incentivo, o olhar generoso e a cada abraço carinhoso” que tem recebido na convivência diária da rotina política e parlamentar. Na mesma linha, apresentou estatísticas do IBGE sobre paraplegia no Brasil, das dificuldades de milhões de brasileiros por causa das dificuldades de locomoção, e faz um apelo para que todos contribuam para que essa realidade seja mudada no Maranhão e em todo o País.

A manifestação da deputada Andreia Resende, que é 1ª secretária da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e ganhou o status de musa da Casa, emocionou o plenário. Tanto que nada menos que 16 deputados, a começar pelo presidente Othelino Neto, se manifestaram solidariamente, alguns sem conter as lágrimas.

 

Sem o aval do PSBD, Wellington do Curso pode buscar candidatura em outro partido

Wellington do Curso: indefinição no PSDB, apesar do cacife eleitoral forte em São Luís

O deputado Wellington do Curso ainda não tem o aval pleno do PSDB para ser o candidato do partido na corrida para a Prefeitura de São Luís em 2020. De acordo com vozes tucanas dispersas e inconformadas com a condução que o senador Roberto Rocha vem dando ao partido no Maranhão, a começar por São Luís, a situação de Wellington do Curso é rigorosamente indefinida, já que o comando do partido não dá sinais de que esteja interessado em discutir o assunto e tomar uma posição. Dono de um respeitável lastro eleitoral na Capital e apontado como um candidato com alguma viabilidade, Wellington do Curso tem mantido posição de serenidade, como quem não está interessado numa crise. Mas também tem recebido sinais de vários partidos, que lhe estão oferecendo vaga de candidato a prefeito. A situação, portanto, é a seguinte: se não receber o aval do PSDB à sua candidatura, Wellington do Curso não terá qualquer dificuldade para encarar a urnas por outro partido.

São Luís, 20 de Setembro de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *