Ricardo Murad perde em duas frentes, Andrea Murad vai para a Disneylândia e PMDB deve reeleger João Alberto

 

Em discurso na tribuna do Senado, senador João Alberto Souza (PMDB-MA).
João Alberto será reeleito; Ricardo Murad perdeu

A elite do PMDB do Maranhão vai hoje às urnas para escolher o novo Diretório Regional, que por sua vez elegerá a nova Comissão Executiva, o órgão máximo de decisão do partido. Os dirigentes da agremiação fecharam o expediente de ontem com tudo pronto para a votação de hoje, que acontecerá na sede do partido, no São Francisco. O pleito se dará com apenas uma chapa, liderada pelo senador João Alberto, já que a outra chapa, apresentada pelo grupo do ex-deputado Ricardo Murad e tendo como candidata a presidente a deputada estadual Andrea Murad, não foi registrada por estar contaminada com várias irregularidades, segundo anunciou, terça-feira, a direção partidária. Murad anunciou que não ficaria de braços cruzados, e bateu às portas da Justiça com uma ação para suspender a convenção e pediu ao comando nacional do PMDB para intervir no Diretório maranhense. Perdeu nas duas frentes.

Ao longo dos últimos dois dias, ao mesmo tempo em que no comando partidário o clima era de plena tranquilidade, já que todos os preparativos para a convenção foram concluídos com antecedência, o ambiente nos bastidores do partido e no meio político era de movimentação intensa por conta da expectativa causada pela informação segundo a qual Ricardo Murad atacara nas duas frentes com o objetivo de, pelo menos, adiar a convenção. E para animar mais ainda as entranhas pemedebistas, a deputada Andrea Murad desembarcou ontem na Flórida (EUA), para uma temporada na Disneylândia. O fato foi interpretado como uma forte contradição entre a movimentação do ex-deputado Ricardo Murad e o claro desinteresse da candidata a presidente na chapa por ele lançada em relação à convenção.

Ricardo Murad fez exatamente o que o deputado federal Hildo Rocha, que entrou no tabuleiro pemedebista como seu aliado, anunciara quando recebeu a informação de que a chapa fora indeferida: recorreria ao comando nacional do PMDB pedindo intervenção no Diretório do Maranhão e à Justiça comum, requerendo o mesmo pleito. A tentativa de obter na Justiça comum a suspensão da convenção foi em vão: a juíza Janaína de Carvalho, da 9ª Vara Cível, negou o pedido, justificando a decisão com o fato de que, após analisar a situação, não encontrou qualquer falha na organização da convenção nem no indeferimento da chapa de Andrea Murad.

No campo partidário e tendo o deputado federal Hildo Rocha como porta-voz, Ricardo Murad protocolou na Executiva do PMDB, em Brasília, um atrevido pedido de intervenção da direção nacional no Diretório estadual, alegando uma série de motivos que não foram confirmados. Informado detalhadamente da situação, o presidente do partido Michel Temer, vice-presidente da República, mandou arquivar o pedido pelo mesmo motivo que levou a juíza Janaína de Carvalho a indeferir a ação: nenhuma anormalidade na organização da convenção. Mais do que isso, Temer manifestou clara simpatia pela permanência do senador João Alberto no comando do PMDB do Maranhão, que identifica como um dos mais bem organizados de todo o país.

O ex-deputado Ricardo Murad sai do episódio derrotado em todas as frentes, mas demonstrando, por outro lado, que é bom de briga e que costuma ir até às últimas consequências quando quer alcançar algum objetivo. O problema é que aqui e ali ele escolhe o objetivo errado e o adversário errado. No caso, certo de que não tinha a menor chance de levar a melhor e assumir o comando estadual do PMDB, resolveu pagar para ver. Mas encontrou pela frente o senador João Alberto, político maduro, talhado nos embates e respeitado como um dirigente partidário correto e eficiente. O resultado não podia ser outro: Ricardo Murad pagou para ver e perdeu feio.

 

 

PONTOS & CONTRAPONTOS

Reeleição é reconhecimento

roberto 6O deputado estadual Roberto Costa, que preside o PMDB de São Luís, previu ontem, na Assembleia Legislativa, que o partido vai hoje às urnas para dar mais um mandato de presidente regional ao senador João Alberto. O parlamentar estimou que mais de 90% dos mais de 500 delegados pemedebistas sufragarão a única chapa inscrita, avaliando que o ideal seria uma disputa, o que não aconteceu porque “setores do partido” não respeitaram as regras e tentaram assumir o controle na marra, com uma chapa ilegal. O deputado disse que a chapa oficial será confirmada como o reconhecimento dos dirigentes e militantes pemedebistas que reconhecem o trabalho do senador João Alberto na condução da agremiação. Um dos mais atuantes políticos da sua geração, forjado na escola de João Alberto, Roberto Costa reafirmou que o PMDB continuará firme e forte sob o comando do senador, que segundo ele conta também com o apoio integral da direção nacional.

 

Tomógrafo e lógica

humberto 5-vertUm tomógrafo foi motivo de denúncia e esclarecimento, ontem, na Assembleia Legislativa. Um dos integrantes mais ativos da bancada de oposição, por seguir a orientação política do ex-deputado Ricardo Murad, o deputado Souza Neto (PTN), denunciou, em discurso, que um movimento popular teria impedido que a Secretaria de Estado da Saúde levasse para o hospital macrorregional de Caxias, que será inaugurado em 60 dias, um tomógrafo pertencente ao hospital macrorregional de Santa Inês, que está quase pronto e será inaugurado em março do ano que vem. O deputado bateu forte contra o governo, afirmando que, com a operação, o Governo do Estado estaria prejudicando Santa Inês para beneficiar Caxias. Presente à sessão, o deputado-presidente Humberto Coutinho (PDT) corrigiu a informação do deputado Sousa Neto, explicando que a decisão de levar o tomógrafo para Caxias foi tomada pelo fato de o hospital de lá estar mais adiantado que o de Santa Inês. Coutinho informou que um equipamento igual já está comprado e será levado para Santa Inês, sem nenhum prejuízo ao funcionamento da unidade hospitalar daquele município. Ou seja, uma simples questão de lógica.

 

Waldir Maranhão fará escolha difícil

waldir 1Com a abertura do processo contra o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Câmara Federal, Casa que ele preside, o seu 1º vice-presidente, deputado federal Waldir Maranhão (PP) terá a delicada tarefa de escolher o relator. No meio político, o que corre é que o parlamentar maranhense não vai se preocupar com a saia justa, uma vez que a escolha será feita pelo próprio Cunha, ou, no mínimo, será consultado por Maranhão sobre nomes. É que ninguém acredita que Waldir Maranhão, que tem forte ligação com o presidente da Câmara, escolha um relator à revelia dele. Os deputados de oposição a Eduardo Cunha estão monitorando também os passos de Waldir Maranhão e com certeza reagirão se o relator for escolhido por um acordo de aliados.

 

 

São Luís, 30 de Outubro de 2015.

 

 

 

 

Um comentário sobre “Ricardo Murad perde em duas frentes, Andrea Murad vai para a Disneylândia e PMDB deve reeleger João Alberto

  1. Boa Dia nobre amigo! Pedimos atenção para nossa situação, por diversas vezes já utilizamos seu espaço como fonte de comunicação para nossa demanda. Faltam apenas 06 (seis) meses para o termino do prazo de validade do concurso para ingresso de servidores do TJMA. Estamos ansiosos e esperançosos por nossas nomeações, mesmo em tempos de dificuldade. Serão 06 meses de muita luta! Gratos pelo espaço!

    Repostando nossa mensagem inicial:
    Trata-se de um pedido de ajuda dos aprovados do concurso de servidores do TJMA de 2011, temos a seguinte situação:
    O TJMA, já fizera enumeras convocações desde o ano de 2012, o problema é que as listas de aprovados são ainda enormes, e o concurso irá ter seu encerramento em março de 2016, ou seja, temos 9 meses para a convocação do maior número possível de aprovados.
    Temos conhecimento/consciência, que o Tribunal passa por dificuldades financeiras, mas também sabemos que a convocação de servidores, poderá gerar uma melhor prestação jurisdicional para todo o Estado, facilitando assim, a melhor qualidade e celeridade dos processos.
    Veja o nosso caso, fomos aprovados para o cargo de Comissários de Justiça, cargo que lida com os problemas da Infância e Juventude, e da lista inicial, apenas 15 candidatos foram convocados, dentro de um contingente de mais de 100 aprovados no Estado inteiro. Sabemos do esforço do Tribunal para que aconteçam as convocações, mas o tempo corre contra nós, e estamos pedindo para que a situação seja divulgada, e consequentemente a sociedade possa apoiar nossa situação.
    Segue a Lista dos aprovados:
    Comarca: Chapadinha
    BARBARA THAIS DE SOUSA AMARAL
    ALBERTO CARLOS ALMEIDA SANCHES E SILVA
    SANDRA PEREIRA DE ARAÚJO
    ALEXANDER LOPES PINTO
    IGOR MANOEL MARTINS BEZERRA
    MACELA NUNES LEAL
    TEONES DA SILVA RODRIGUES
    ANA KELLY DOS SANTOS NUNES
    AYRTON JOSÉ BEZERRA CHAVES
    ANDRESSA DE FREITAS TOMAZ
    Comarca: Imperatriz
    CAIO LOPES CARVALHO
    NATHALY PASSOS FERNANDES
    TARSILIO FARIAS DA SILVA MAIA
    FERNANDA CRISTINA GOMES PEREIRA
    MOACIR OLIVEIRA BORGES JUNIOR
    DANIEL TEIXEIRA DA SILVA
    RONALDO MESQUITA DE SOUSA
    CLEIA VELOSO FREITAS
    ROBSON DA SILVA MENDES
    JOAO PAULO DOS SANTOS SOUSA
    THIAGO TADEU DE AMORIM CARVALHO
    VICTOR AURELIO BATISTA PIRES DE SOUSA
    ISRAEL DIAS OLIVEIRA
    ANA CRISTINA SANTOS COSTA
    FRANCISCO RODRIGUES DA SILVA
    LEANDRO CESAR GARROS MONTEIRO
    GARDÊNIA SOARES DE MEDEIROS
    CLECIANE SOARES BATISTA
    VANESSA GOMES FERNANDES DA SILVA
    Comarca: Pinheiro
    CINTYA RAQUEL LIMA PIRES7
    MARJOSE PINHEIRO CAMPOS
    ANDREIA REGINA MATOS BRENHA
    CARLOS ALBERTO COSTA SOUSA
    ALYSSON ANTONIO SOARES DA SILVA
    ALEX SANDRO SODRE BRITO
    MARIA GRACIELMA PIMENTEL SOARES
    CARLOS MAGNO ARAUJO NUNES
    RAIMUNDO INÁCIO DE FIGUEIREDO NETO
    EDUARDO COIMBRA DE SOUZA
    JOSÉ ALBERTO CAMPOS
    JOSÉ ULDERICO RICARDO COUTINHO ROMA
    MAXWELL BRAGA MEDEIROS
    Comarca: Presidente Dutra
    DARLENE LINA DA SILVA COSTA
    MARCELO FONSECA BARROS
    CINTHYA SOARES DE OLIVEIRA
    KEZIA FERNANDES GARCÊS MARTINS
    SABRINA DE SOUZA CUNHA
    WILSON CABRAL HOSSOE JÚNIOR
    FRANKLIN ARAUJO DOS SANTOS
    Comarca: São João dos Patos
    MÁRCIO PATRÍZIO MATOS SANTOS
    LARA SOARES DA PASCHOA
    RONY DE MENESES COSTA MORAIS
    LARISSA MENDES RODRIGUES
    NEURIFRAN DA SILVA FERRO
    JAMES GOMES DOS SANTOS
    Comarca: São Luis
    ANGELO CRUZ ALMEIDA DE SOUSA
    CAROLINA DOS SANTOS MENDONÇA LIMA
    RICARDO BRUNO BECKMAN SOARES DA CRUZ
    CAROLINE DE OLIVEIRA RABELO
    CARLOS OTÁVIO FREIRE FRANCO
    ÍTALO COELHO ALBUQUERQUE
    FERNANDO JOSÉ ANDRADE SALDANHA
    GABRIELA CARVALHO RIBEIRO
    MÁRCIO HENRIQUE ALMEIDA PORTELA
    RODOLPHO SILVA OLIVEIRA
    DANIELLE CRISTINA SANTOS FERREIRA
    MÁRIO GONZAGA MATOS DOS REIS JÚNIOR
    CÁSSIA ELENE BORRALHO DOS SANTOS
    PÂMELA ALESSANDRA BORGES DE SOUSA
    LEANDRO SALDANHA DE ALBUQUERQUE
    JAMILLE BARROS CAMPELO
    HEIDY KELLEM SOUSA
    LAURIANE BARROS DOMINICE
    REGINALDO DA ROCHA SANTOS SALES
    VANESSA CRISTINA RAMOS FONSÊCA DA SILVA
    DIEGO SANTA BRIGIDA CUBA
    Comarca: Viana
    DAYANNE SUELE CHAVES FERREIRA
    JORGE ALBERTO MENDES SEREJO
    ALINE KÉSSIA GONÇALVES DA CRUZ
    DAYANA VIEIRA SANTOS
    RENATA CAROLINE PEREIRA REIS
    NATALIANE SERRA PENHA
    JANIEL DAVID DA ROCHA COSTA
    LYLIANE DA CONCEIÇÃO MORAIS MARTINS
    Aproveitando, levantamos que, a questão da espera por convocações, não é apenas do nosso cargo, mas também dos Analistas, Técnicos e Auxiliares.
    Desde já, agradecemos o espaço.

Deixe uma resposta para Aprovadostjma2011 Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *