Pesquisa DataIlha mostra Braide em queda, mas ainda sem um adversário para enfrentá-lo de igual para igual

 

Eduardo braide, Duarte Jr., Jeisael Marx, Rubens Jr., Wellington do Curso, Bira do Pindaré, Neto Evangelista e Adriano Sarney: altos e baixos entre 16 pré-candidatos

Se a pesquisa DataIlha – contratada e divulgada pelo sempre bem informado blog do jornalista Clodoaldo Corrêa – expressar, de fato, o que está pensando o eleitorado de São Luís sobre os aspirantes à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), os números anunciados devem funcionar como forte sinal de alerta amarelo para os mais bem posicionados, a começar pelo líder na preferência dos eleitores, deputado federal Eduardo Braide (Podemos). Os percentuais são surpreendentemente baixos, o que à primeira vista pode ser explicado pela espantosa quantidade de nomes (16) submetidos ao crivo dos 908 entrevistados, causando uma pulverização nas escolhas. Uma avaliação cuidadosa dos números recomenda a atenção dos observadores para seis percentuais: os 38,8% de Eduardo Braide, os 10,9% de Roseana Sarney (MDB), os 7,9% do deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), os 3,6% de Jeisael Marx (Rede), os 2% do deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) e 18,5% que representam a soma dos que não souberam ou não quiseram responder com os que disseram que não votarão em nenhum deles ou anularão seus votos.

O percentual mais surpreendente são os 38,8% dados a Eduardo Braide, à medida que confirma a tendência de queda sua posição na comparação com as pesquisas feitas de alguns meses para cá.  Nas primeiras, divulgadas em meados do ano passado, Eduardo Braide chegou a aparecer com 58% das intenções de voto, o que, feitas as contas, ele já teria perdido cerca de 20% das intenções de voto. De lá para cá, nenhum levantamento o apontou em crescimento ou pelo menos estabilizado numa posição confortável. Mesmo confirmando sua liderança, a informação do DataIlha não é uma boa notícia para o candidato do Podemos. A oito meses da eleição, Eduardo Braide parece sofrer um processo de desidratação, que ele precisa sustar imediatamente, sob pena correr sérios riscos na corrida ao Palácio de la Ravardière.

Nem tudo é má notícia para Eduardo Braide: os candidatos que o ameaçavam também desidrataram. Mais: a candidatura de Roseana Sarney (DB) evaporou, e os 10,9% a ela dados na pesquisa serão redistribuídos e provavelmente boa parte desses poderá beneficiá-lo. A pesquisa confirmou o deputado Duarte Júnior na terceira colocação, mas o tirou do patamar dos dois dígitos, com 7,9%, podendo reagir quando encontrar um partido e se tornar candidato para valer. Por outro lado, a pesquisa sinalizou crescimento expressivo do candidato da Rede, jornalista Jeisael Marx, que saiu do zero para alcançar 3,6%, à frente de nada menos que 12 dos 16 nomes incluídos no levantamento. A pesquisa também causa a impressão de que, agora sem a sombra de Duarte Júnior no PCdoB, Rubens Júnior, com seus 2%, dá sinais de que saiu da inércia e começa a se movimentar. E nesse cenário, o dado a ser levado em conta é que a pesquisa encontrou 18,5% de eleitores rebeldes e indecisos, exército a ser seduzido pelos aspirantes em movimento.

Chama a atenção, por outro viés, os magros percentuais dados ao candidato do PSB, Bira do Pindaré (2,9%), ao representante do DEM, Neto Evangelista (2,8%), ambos via de regra bem votados em São Luís, e ao concorrente do PV, Adriano Sarney (0,8). A pesquisa também serviu para avisar ao ex-juiz federal Carlos Madeira (SD), que aparece com 0,4%, de que a seara política, principalmente no que respeita a eleições, é furta-cor, movediça e traiçoeira para principiantes. Ao mesmo tempo, pode ser cruel com concorrentes calejados, como o ex-prefeito Tadeu Palácio (PSL), que com 1,8% das intenções de voto, preferirá continuar no exercício da medicina. Por seu turno, o deputado Yglésio Moises (0,5%) precisa justar rapidamente sua caminhada. Curiosa é a posição do deputado Wellington do Curso, que se mantém na quarta posição.

Muitos apontarão a pesquisa DataIlha como mais um levantamento da fase inicial da pré-campanha à Prefeitura de São Luís. Mas não há dúvida de que ela veio para chacoalhar os aspirantes, a começar pelos que aparecem com potencial de crescimento, e avisá-los de que está na hora do aquecimento.

Em Tempo: A pesquisa DataIlha foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-01492/2020, e a coleta dos dados foi realizada nos dias 29 a 31 de Janeiro 2020, ouvindo 980 eleitores em 40 bairros, tendo um intervalo de confiança de 95 %, e margem de erro de 3,3%.

PONTO & CONTRAPONTO

 

Assembleia aprova maior piso salarial do País para professores do Maranhão

Entre o líder governista Rafael Leitoa (PDT) e a líder do SD, Helena Duailibe, o presidente  Othelino Neto comandou a votação do aumento para professores

A partir desse mês o Maranhão consolidará de vez a posição de estado que melhor paga professor do ensino médio em todo o País, instituindo uma escala de vencimentos básicos que vai de R$ 3.179,48 para os que trabalham em regime de 20 horas semanais, e de R$ 6.358,96 para os que cumprem carga de 40 horas por semana. Esses vencimentos são a soma do piso salarial e a Gratificação de Atividade do Magistério (GAM).

Essa revolução salarial para o magistério foi possível com a aprovação, ontem, do Projeto de Lei 002/2020, proposto no dia 3 pelo governador Flávio Dino em cuja mensagem explica que a recomposição salarial dos professores varia entre 5% e 17,49%. Diante do apelo feito pelo governador Flávio Dino, argumentando que o Governo do Estado está preparado para implantar os novos salários já na folha de fevereiro, o presidente da Assembleia Legislativa, com o apoio dos líderes de bancadas, garantiu a tramitação em regime de urgência, tendo encaminhado ontem mesmo o projeto aprovado para a sansão do governador Flávio Dino. A chamada recomposição salarial beneficiará 45 mil professores, com impacto anual de R$ 198 milhões na folha de pagamento do Estado.

– Encaminhamos, hoje (ontem) mesmo, para a sanção do governador Flávio Dino, o projeto que reajusta o salário dos professores no Maranhão. O benefício, que chega ao magistério, soma-se aos outros investimentos do governo estadual na área da Educação. Investimentos esses que colocam o Maranhão entre os estados mais bem avaliados do país – destacou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB).

Com a aprovação do projeto, o vencimento-base mínimo dos professores (Professor III) com regime de trabalho de 20 horas semanais, somado à GAM (Gratificação de Atividade do Magistério), será de R$ 3.179,48. Já o vencimento dos professores com regime de trabalho de 40 horas semanais, acrescido da GAM, foi fixado em R$ 6.358,96. A aplicação dos reajustes às referências na carreira, o novo piso chegará a R$ 4.046,02 para os docentes que cumprem regime de trabalho, e de 20 horas semanais e de R$ 8.092,06 para os que cumprem a jornada de 40 horas semanais. Além disso, os professores contratados também passarão a receber o valor do novo piso nacional proporcional à jornada de 20 horas.

Com essa decisão política de redefinir o patamar salarial dos professores, o governador Flávio Dino entra para a História também por conta da revolução que seu Governo está fazendo na área de educação. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Assembleia Legislativa).

 

Zé Inácio se dispõe a ser o candidato do PT em São Luís

Zé Inácio 

O deputado Zé Inácio anuncia sua disposição de se candidatar a prefeito de São Luís pelo PT. Uma boa iniciativa, a começar pelo fato de que tira o PT de uma espécie de isolamento a que se submeteu no cenário político de São Luís. Um dos quadros mais promissores do PT no Maranhão, Zé Inácio tem demonstrado tirocínio político. Ele próprio estabelece uma condição para ser candidato petista à sucessão do Edivaldo Holanda Júnior (PDT): o apoio integral e assumido do ex-presidente Lula, sem o qual não haverá candidatura em São Luís. Zé Inácio disputa a vaga de candidato majoritário do PT em São Luís com o deputado federal José Carlos Araújo, que também está se movimentando para ser o candidato do PT.

São Luís, 07 de Fevereiro de 2020.

3 comentários sobre “Pesquisa DataIlha mostra Braide em queda, mas ainda sem um adversário para enfrentá-lo de igual para igual

  1. Nada de PT e seus satélites disfarçados (PCdoB dependente etc.):

    “Muito engana-me, que eu compro”
    [Comentário sobre o parágrafo (§2) do texto acima. Por alguém que estuda Publicidade e não apenas Filosofia. Eis]:

    E o PT®? Qual o poder constante de sua propaganda ininterrupta?

    Eis:
    Vive o PT© de clichês publicitários bem elaborados por marqueteiros. Estilo do brilhante e talentoso João o Milionário Santana.
    Nada espontâneo.

    Mas apenas um frio slogan (tal qual “Danoninho© Vale por Um Bifinho”/Ou: “Skol: a Cerveja que desce Redondo”/Ainda: “Fiat® Touro: Brutalmente Lindo”). Não tem nada a ver com um projeto de Nação.

    Eis aqui a superficialidade do PETISMO:

    0.
    “Coração Valente©”
    1.
    “Pátria Educadora™” [Buá; Buá; Buá].
    2.
    “Pronatec©”
    3.
    “A Copa das Copas®”
    4.
    “Fica Querida©”
    5.
    “Impeachment Sem Crime é Golpe©” [lol lol lol]
    6.
    “Foi Golpe®”
    7.
    “Fora Temer©”
    8.
    “Ocupa Tudo®”
    9.
    “Lula Livre®”
    10.
    “®eleição sem Lula é fraude” [kuá!, kuá!, kuá!].
    11.
    “O Brasil Feliz de Novo®”
    12.
    “Lula é Haddad Haddad é Lula®” [kkkk]
    13.
    “Ele não®”.
    14.
    “Minha Casa, Minha Vida©”
    15.
    “Saúde não tem preço®”
    16.
    “Haddad agora é verde-amarelo®” [rsrsrs].
    17.
    “Rede cegonha©”
    18.
    “LUZ PARA TODOS™” (KKKKK).
    19. (…e agora…):
    “Ninguém Solta a Mão de Ninguém©”
    20.
    “Água para todos©” (é mesmo?)
    21.
    “Mais Médicos®”
    22.
    “Controle social da mídia™” (hi! hi! hi!): desejo do petismo.
    23.
    “Brasil Carinhoso©” [que momento açucarado].
    24.
    “Bolsa Família®”
    25.
    “SKOL®: a Cerveja que desce RedondO”.

    PT© é vigarista e aderente ao charlatanismo.

    Vive de ótimos e CALCULADOS mitos publicitários.
    É o tal de: “me engana que eu compro”.

    == A FORÇA-TAREFA DA PUBLICIDADE ININTERRUPTA DO PETISMO ==

    Produtos disfarçados, embalagens mascaradas e rótulos mentirosos. PT!

  2. A cidade precisa ser sacudida e alguém tem de tira-la do atraso que perdura anos,isto é, desde a era Jackson Lago. Para termos uma ideia,a recuperação dos meios fios da imensa avenida dos franceses , que faz parte da entrada da cidade, somente agora está sendo feita a passo de tartaruga,e que sempre foi um desafio para os prefeitos que assumiam. A cidade cresce desordenada e sem planejamento,o que aumenta os seus problemas e a torna feia. Espero que o Duarte Junior com sua juventude e visão empreendedora,resgate esse tempo perdido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *