Com confirmação de Capelli na Comunicação, Dino conclui remontagem do núcleo político do seu Governo

 

Rubens Jr., Márcio Jerry e Ricardo Capelli formam o núcleo político do Governo, remontado pelo governador Flávio Dino

Com a confirmação do jornalista Ricardo Capelli para a Secretaria de Comunicação, depois de convocar os deputados federais Márcio Jerry e Rubens Jr. ambos do PCdoB, para as respectivas secretarias de Cidades e Desenvolvimento Urbano e de Articulação Política, e manter o deputado estadual Marcelo Tavares (PSB) na Casa Civil, o governador Flávio Dino (PCdoB) remontou o núcleo central do seu Governo. Com essa mexida, ele sinaliza, com clareza, que chegou a hora de dar mais visibilidade ao Governo e iniciar as articulações visando fortalecer a aliança partidária com a qual governa para o grande embate eleitoral de 2022. Esse núcleo trabalhará articulado, cuidando, de um lado, de abrir frentes, quebrar arestas e costurar acordos na seara política e partidária, ao mesmo tempo em que mostrará como, sob o atual Governo, o Maranhão mudou de 2015 para cá, apesar de todos os obstáculos enfrentados, e superados, incluindo a pandemia do novo coronavírus, numa guerra ainda em andamento. Márcio Jerry, Rubens Jr. e Ricardo Capelli atuarão na linha de frente, permanecendo Marcelo Tavares assessorando o governador nas relações institucionais e na movimentação palaciana.

Forjado no braço do PCdoB no movimento estudantil, tendo alcançado a presidência da União Nacional dos Estudantes (UNE), Ricardo Capelli tem sólida formação em Jornalismo, área na qual construiu reputação e larga experiência, especialmente na área digital, com amplo domínio no uso das redes sociais. Ao mesmo tempo, é dono de rica visão do cenário político nacional, principalmente na seara das esquerdas, segundo dizem registros da sua trajetória. A isso se soma a tarimba adquirida nos anos em que esteve no comando da Representação do Governo do Maranhão em Brasília. Esses atributos fazem com que Ricardo Capelli seja visto como o nome certo para a Secretaria de Comunicação na reta final do Governo, que se dará em meio à guerra política pela sucessão do governador Flávio Dino.

Rubens Jr. tem grande desafio no comando da pasta da articulação política. Caberá a ele cuidar para manter e, se possível, ampliar a grande aliança político-partidária articulada e mantida pelo governador Flávio Dino. São 16 legendas, num leque ideológico que vai da direita liberal à esquerda democrática, passando pelo Centrão. Flávio Dino manteve harmonizada essa base plural em torno da sua liderança até pouco tempo, quando o senador Weverton Rocha, que comanda o PDT, e o vice-governador Carlos Brandão, que tem o Republicanos como suporte, resolveram fazer os primeiros e agressivos movimentos antecipando a largada da corrida ao Palácio dos Leões. Tranquilo, afável e com a experiência de quatro mandatos parlamentares, apesar da pouca idade, Rubens Jr. recebeu a tarefa de operar como construtor e restaurador de estradas e pontes políticas, de modo a assegurar que, mesmo estremecida por alguns focos de tensão, a aliança dinista seja mantida, inclusive na corrida sucessória.

Já testado e aprovado nas áreas de comunicação e articulação política, bem como na atividade parlamentar, na qual tem sido uma voz firme de oposição ao Governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Márcio Jerry vai outra vez atuar em duas frentes. Numa delas como secretário das Cidades, uma pasta de alcance ilimitado, por meio da qual pode, sem maiores esforços, chegar a municípios de todas as regiões do estado, tanto com obras diretas, quanto por convênios, a começar por São Luís, onde a pasta já mostrou seu potencial. Na outra frente, Márcio Jerry vai cuidar da preparação para as eleições do ano que vem do braço maranhense do PCdoB – que ele comanda e que perdeu força nas eleições municipais. Além do mais, juntamente com Rubens Jr., ele continuará assessorando diretamente em questões políticas e partidárias.

Esse núcleo funcionará como uma espécie de conselho para auxiliar o governador Flávio Dino em questões, como as decisões políticas que ele terá de tomar de agora por diante, entre elas o mandato que ele disputará e o candidato que apoiará para a sua sucessão.

 

PONTO & CONTRAPONTO

 

Dino faz duro alerta ao incremento da pandemia no Maranhão

Flávio Dino: ar grave e tom enfático no alerta de risco de incremento da pandemia

Os negacionistas, os céticos e os desavisados, ou ainda os esclarecidos que por conta da chegada da vacina acham que podem tudo, que teimam em desconsiderar a gravidade da pandemia e a letalidade do coronavírus, mesmo diante dos quase 220 mil brasileiros já sepultados por causa da Covid-19, precisam acordar e cair na real. Neste exato momento, o Maranhão, mesmo sendo um dos três estados que melhor vem combatendo a pandemia, corre o risco de ser alcançado por uma nova onda da virose. Essa tendência constatada com um estudo dos números recentes, que deram o seguinte alerta: a situação pode piorar. Com a honestidade que marca as informações do seu Governo, o governador Flávio Dino, após se reunir com seu staf, Domingo, gravou, em tom enfático, e divulgou a seguinte mensagem:

“Dirijo essa mensagem a toda população do Maranhão.

Neste Domingo, nós realizamos uma reunião de análise da evolução da pandemia do coronavírus. E lamentavelmente constatamos que há, nos últimos dias, uma tendência de crescimento de casos com internação hospitalar. Por isso mesmo, adotamos uma série de providências.

Em primeiro lugar, fortalecemos a diretriz de ampliação da Rede Estadual de Saúde para casos de coronavírus. Leitos exclusivos estão sendo destinados a partir desta segunda-feira. Ao mesmo tempo, intensificamos as obras que estão sendo realizadas há muitos meses no Maranhão, com várias entregas. Neste caso, vamos entregar, nos próximos dias, a ampliação de leitos de UTI na cidade de Imperatriz, a nova Policlínica de Açailândia e mais 50 leitos no Hospital Aquiles Lisboa, em São Luís.

Pedi às Prefeituras do Maranhão que também adotem, imediatamente, medidas tendentes à ampliação da rede de atendimento da população de acordo com a realidade de cada cidade. Nós também estamos recebendo neste Domingo mais algumas vacinas, oriundas do SUS, do Ministério da Saúde. Nós estamos orientando, que haja também disponibilização também para os pacientes que estão recebendo tratamento em radioterapia, quimioterapia e hemodiálise. São pacientes que podem ter um quadro mais grave de Covid, e estão compulsoriamente submetidos a uma rotina hospitalar. Daí essa diretriz que passa a integrar o Plano Estadual de Vacinação do Maranhão.

E finalmente, destaco a essencialidade das medidas preventivas. Adotamos a liberações de alta importância, a suspensão das festas de carnaval – tanto em ambientes públicos quanto privados. E vamos, nesta semana, voltar a sublinhar a impressibilidadede, a inafastabilidade do uso das máscaras em locais públicos, porque, além de proteger contra o coronavírus, ajuda a proteger contra outras gripes, de outras síndromes gripais que marcam esses períodos de chuvas no Maranhão.

Unidos, vamos vencer!  É preciso ter fé, seriedade, responsabilidade. E capacidade de se colocar no lugar do outro. Ter solidariedade, fraternidade e empatia, porque nós estamos diante de um gigantesco desafio. O maior da nossa geração. E vamos continuar nessa caminhada juntos. O Maranhão unido, vencendo o coronavírus”.

Mais claro, impossível.

 

Conversa com Baleia Rossi hoje pode posicionar a minibancada de Josimar de Maranhãozinho

O deputado Josimar de Maranhãozinho (PL) deve se reunir nesta terça-feira com seu colega Baleia Rossi (MDB-SP), para conversar sobre o rumo que sua bancada votará na disputa para a presidência da Câmara Federal. Além do seu próprio voto, o chefe maior do PL controla também os votos dos deputados Júnior Lourenço (PL) e Marreca Filho (Patriotas). Se ele se ele decidir apoiar o candidato do MDB, Baleia Rossi pode ter 12 dos 18 votos da bancada maranhense. Se optar por Arthur Lira (PP-AL), seus três votos se somarão aos seis que ele já tem, levando a disputa um empata de 9 a 9.

São Luís, 26 de Janeiro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *