Com Madeira, Brandão reforça time de apoio que já conta com políticos tarimbados

 

Carlos Brandão contará com a experiência do ex-prefeito Sebastião Madeira na briga pelo Palácio dos Leões

O desembarque do ex-prefeito de Imperatriz e ex-deputado federal Sebastião Madeira (PSDB) no Governo do Estado como presidente da estatal Gasmar, conforme anunciado pelo governador Flávio Dino (PSB), pode ser observado por dois ângulos, o administrativo e o político. No ângulo administrativo, a empresa ganha um dirigente experiente, que tem no currículo nada menos que oito anos no comando da Prefeitura de Imperatriz, credencial que o coloca no time de ponta do Governo como um quadro de excelência, que pode colaborar efetivamente com a evolução da Gasmar, depois que o então presidente, Deoclídes Macedo (PDT), se elegeu mais uma vez prefeito de Porto Franco. No campo político, Sebastião Madeira é um quadro de primeira linha, e com um dado curioso da sua personalidade política: é tucano por convicção, tendo se tornado um respeitado militante do partido, no qual atua há mais de três décadas, podendo vir a ser um dos principais articuladores políticos do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) na corrida ao voto.

Médico por formação e profissão, Sebastião Madeira tem na política a sua razão de ser como cidadão. E com um dado que o diferencia da maioria dos políticos da atualidade: a coerência ideológica e partidária. Político de centro, é filiado e militante do PSDB há mais de três décadas. Nos quatro mandatos de deputado federal que exerceu, participou da cúpula do partido e da base do Governo Fernando Henrique. O trabalho político que realizou na bancada do PSDB naquele período foi reconhecido com a decisão da cúpula tucana de entregar-lhe a presidência do Instituto Tancredo Neves, centro de estudos e aprimoramento da social-democracia como a base ideológica do partido. Foi duramente atingido pelos revezes sofridos pela agremiação, mas se manteve fiel ao compromisso de ser tucano.

Político de atuação fortemente regional, Sebastião Madeira tem a região Tocantina como o seu campo de ação, a começar por Imperatriz, seu berço e base principal, que comandou com eficiência administrativa por oito anos como prefeito eleito e reeleito. Deu suporte ao senador Roberto Rocha como assessor parlamentar, enquanto o agora bolsonarista e sem partido comandou o PSDB pela segunda vez no Maranhão, e sua aliança com o vice-governador Carlos Brandão é o desdobramento natural da sua fidelidade partidária. Em conversas reservadas, tem dito que vai entrar firme na campanha do vice-governador Carlos Brandão para o Governo do Estado. Inicialmente, seu projeto era disputar uma cadeira na Câmara Federal, mas arquivou o projeto para ficar mais livre e se dedicar à campanha do vice-governador, devendo apoiar também o atual secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto (PCdoB), para a Câmara Federal.

Qualquer avaliação isenta certamente concluirá que, ao ganhar o apoio do ex-prefeito Sebastião Madeira, o vice-governador Carlos Brandão ganha um aliado de peso, que sabe o que faz e conhece em profundidade o terreno em que atua. Se não representa um forte suporte eleitoral propriamente dito, o apoio de Sebastião Madeira garante a Carlos Brandão presença política efetiva em Imperatriz e região, equilibrando peso político com o senador Weverton Rocha (PDT), que ali conta com o ex-prefeito Ildon Marques (PP) e com o prefeito Assis Ramos (DEM) – a eleição municipal de 2020 mostrou que os três têm peso político e eleitoral equivalentes.

O ex-prefeito de Imperatriz entra no jogo para reforçar o grupo de apoio ao vice-governador Carlos Brandão, que já conta com dois ex-prefeitos tarimbados em lutas pelo voto: Cleomar Tema (PSB), ex-prefeito de Tuntum e que conhece como poucos os caminhos políticos do sertão e do agreste, e Luís Fernando Silva (PSDB), ex-prefeito de São José de Ribamar, que sabe o que faz nessa seara. Um time com PHD nessa seara.

 

PONTO & CONTRAPONTO

 

Juscelino Filho vai para a Executiva do novo partido; e Pedro Lucas?

Juscelino Filho saiu na frente para controlar o novo partido no Maranhão

A julgar pelo que foi dito ontem, o deputado federal Juscelino Filho, que preside o DEM no Maranhão, será membro da Executiva do União Brasil, partido que resultará da fusão do DEM com o PSL, este comandado no estado pelo deputado federal Pedro Lucas Fernandes.

Chamou a atenção na informação o fato de o deputado Juscelino Filho ter a garantia de uma vaga na Executiva do novo partido dada por ninguém menos que Luciano Bivar, fundador e presidente nacional do PSL e um dos articuladores da fusão, quando a lógica seria fortalecer a posição do deputado Pedro Lucas Fernandes, que presidirá o seu partido no maranhão até que a fusão for consumada pelo aval da Justiça Eleitoral.

Tão curioso como a declaração de Luciano Bivar em favor de Juscelino Filho foi o silêncio do deputado Pedro Lucas Fernandes em relação às articulações que resultarão no surgimento do novo partido. A começar pelo fato de que a fusão criará um poderoso espaço de poder no Maranhão, que será a presidência desse partido, que poderá ser ocupada por um dos dois parlamentares.

E independentemente do que aconteceu ontem, não será surpresa se os dois parlamentares travarem uma dura queda de braço pelo comando estadual da legenda.

 

Ministério Público rebate insinuações de Maranhãozinho sobre a Operação Maranhão Nostrum

Diante da reação do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), que em nota classificou de “estranha” a Operação Maranhão Nostrum, feita pelo Gaeco com o apoio da Polícia Civil em sua residência, insinuando também a possibilidade de se tratar de retaliação política, o Ministério Público não deixou por menos e rebateu com a seguinte Nota Oficial:

O Ministério Público do Maranhão esclarece que:

A Operação Maranhão Nostrum é resultado do Procedimento Investigatório Criminal nº 011660-750/2018, instaurado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) em 19 de outubro 2018;

Esse procedimento originou-se de uma Notícia de Fato sobre denúncias envolvendo Josimar Cunha Rodrigues, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho, e as empresas Águia Farma Distribuidora de Medicamentos Ltda e Construtora Madry, ambas ligadas ao parlamentar; Josimar Cunha Rodrigues é, até hoje, sócio da Construtora Madry, junto com sua irmã Irismar Cunha Rodrigues, também investigada;

Em relação à Águia Farma Distribuidora De Medicamentos Ltda, Josimar Cunha Rodrigues fez parte do quadro societário entre 20/08/2013 e 08/07/2015, período que está incluído na investigação, que se estende, em relação ao mesmo, até novembro de 2018;

Embora Josimar Cunha Rodrigues não seja mais sócio da Águia Farma desde 2015, o quadro societário passou a ser composto por pessoas diretamente ligadas a ele: Gildeilma dos Reis Martins e Francisca Adelina Alves de Melo, funcionárias particulares de Josimar de Maranhãozinho e servidoras da Assembleia Legislativa do Maranhão até o final de 2020;

Destaca-se, ainda, que foi sócia da empresa até dezembro 2020, também, a senhora Maria Deusa, cunhada de Josimar e, atualmente, prefeita de Maranhãozinho;

No curso da investigação, o Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (LAB-LD) do Ministério Público do Maranhão produziu Relatórios de Análise Técnica acerca dos procedimentos licitatórios nos quais Águia Farma Distribuidora De Medicamentos Ltda foi vencedora entre 2014 e 2018 nos municípios Zé Doca, Maranhãozinho, Centro do Guilherme, Araguanã, Carutapera, Pedro do Rosário. Em todos foram constatadas irregularidades;

Houve também produção de Relatório de Análise de RIF (Relatório de Inteligência Financeira) acerca das movimentações suspeitas apontadas pelo COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), no montante de R$ 159.745.884,37 (cento e cinquenta e nove milhões, setecentos e quarenta e cinco mil, oitocentos e oitenta e quatro reais e trinta e sete centavos);

Todos os relatórios apontaram o recebimento de valores pela Construtora Madry, que embora não fosse licitante, era a principal beneficiária dos recursos oriundos das empresas que logravam êxito nos procedimentos licitatórios objeto da investigação;

Da mesma forma, o próprio investigado Josimar Cunha Rodrigues, no período em questão, consta como principal favorecido das empresas que participavam e ganhavam os procedimentos licitatórios. Além dele, receberam dinheiro dessas empresas parentes como Lucas Emanuel Costa Cunha, seu sobrinho, e Irismar Cunha Rodrigues, sua irmã.

Apurou-se também que as empresas que fazem parte da organização criminosa tinham como sócios pessoas ligadas ao investigado Josimar Cunha Rodrigues, fazendo parte do quadro societário de mais de uma empresa. São exemplo, Gildeilma dos Reis Martins, sócia da Águia Farma e também da Joas Consultoria Marketing Ltda no período investigado.

Diante de todos esses elementos, foi protocolado, no dia 02 de junho de 2021, duas medidas: 1) A busca e apreensão com pedido de indisponibilidade de bens e afastamento dos servidores investigados;

2) Quebra de sigilo bancário e fiscal dos investigados; ambas as medidas foram deferidas no dia 21 de setembro de 2021, sendo a busca cumprida em 6 de outubro de 2021;

Como resultado das buscas, foram apreendidos mais de R$ 100.000,00 em espécie nos endereços dos investigados Josimar Cunha Rodrigues, Thiago Costa Rodrigues, Mozeli Borges da Silva, Irismar Cunha Rodrigues e outros. Também foram apreendidos diversos veículos de luxo, uma lancha, barra de ouro e diversos documentos das empresas;

Destaca-se que, em um dos endereços do investigado Josimar Cunha Rodrigues, foram encontrados cheques em branco, já assinados, da Construtora Madry, da qual o investigado é atualmente sócio com sua irmã Irismar Cunha Rodrigues, também investigada;

Foram efetuadas três prisões em flagrante, por posse ilegal de arma de fogo;

Além dos 13 municípios do Maranhão, foi realizada busca e apreensão no município de Várzea Alegre (CE), no endereço de Lucas Emanuel Costa Cunha, sobrinho de Josimar Cunha Rodrigues;

A Operação envolveu mais de 60 alvos e 208 policiais, além de nove promotores de justiça, entre integrantes do Gaeco e das Promotorias de Zé Doca, Guimarães, Santa Inês e Maracaçumé.

São Luís, 08 de Outubro de 2021.

 

 

 

Um comentário sobre “Com Madeira, Brandão reforça time de apoio que já conta com políticos tarimbados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *